segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ciências Naturais - O Sistema Excretor


É formado pelos seguintes órgãos:

Rins
É o principal órgão que compõe o sistema excretor nos vertebrados, pois é o responsável pela filtragem sanguínea(chamada de diálise do sangue). Eles são dois, possuem um formato de feijão, com aproximadamente 12cm. Se localizam nos lados da coluna vertebral, na região do abdômen.
Em cada rim chega um ramo da artéria aorta, com sangue a ser filtrado. Após a filtração desse sangue, ele é jogado novamente na corrente sanguínea, por meio da veia cava inferior. Na filtragem ficam resíduos, a urina, que é levada pelos ureteres até a bexiga, onde será armazenada para posterior eliminação pela uretra (nohomem esse canal serve tanto para a liberação de urina quanto do esperma, nas mulheres existem estruturas separadas para as duas substâncias).
O rim é dividido em duas regiões, chamadas de Córtex renal e Medula Renal, respectivamente a parte mais externa e interna do rim. Na medula renal, existem estruturas chamadas de pirâmides de Malpighi, que se convergem na região central do rim, formando o bacinete. Dos bacinetes partem os ureteres. No córtex renal ficam estruturas microscópicas chamadas de néfrons, onde o sangue é efetivamente filtrado. Os tubos coletores recebem as excretas dos néfrons, levando-as até as pirâmides de Malpighi.
partes do rim - sistema excretor
Os néfrons são constituídos por uma estrutura chamada cápsula de Bowman, onde existem vários capilares sanguíneos. Dessa cápsula, sai o túbulo renal, que pode ser dividido em três partes: região proximal (próxima à capsula de Bowman), a alça de Henle e a região distal (mais distante da cápsula), chegando ao tubo coletor (ou duto coletor).
Conectada a cápsula de Bowman está a arteríola aferente (proveniente da artéria renal), que se ramifica nos capilares sanguíneos, chamados de Glomérulo de Malpighi. Aí é onde acontece grande parte da filtragem do sangue. Então esses capilares se juntam novamente, formando a arteríola eferente. Essa por sua vez, se ramificará, envolvendo todo o túbulo renal (capilares peritubulares), reabsorvendo algumas substâncias que passaram para dentro do néfron. Essas ramificações, novamente, se reúnem nas vênulas, que se ligam à veia renal e à veia cava inferior. Observe o esquema abaixo, para visualizar as estruturas.
partes de um néfron - sistema excretor

Resumindo, o sangue fará o seguinte percurso:

Aorta ; artéria renal ; arteríola aferente ; glomérulo de Malpighi ; arteríola eferente ; capilares peritubulares ; veia renal ; veia cava inferior.

O processo de formação da urina é chamado de diurese. Quando o sangue está excessivamente “sujo”, ou quando os rins não funcionam corretamente, são formados os cálculos renais, que são, literalmente, pedras constituídas por sais. Essas pedras podem causar lesões graves, por isso devem ser removidas por meio de medicamentos ou intervenção cirúrgica.
Ureteres
É o tubo que liga o bacinete de cada rim à bexiga urinária.
Bexiga
É um compartimento para o armazenamento temporário da urina. Como o sangue é filtrado a todo momento, os animais vertebrados (e nós humanos), teríamos que “fazer xixi” a todo momento. Para que isso não seja necessário, a bexiga armazena por um período toda a urina produzida. A capacidade média das bexigas é de 250mL. Ela é formada por músculos lisos (contração involuntária).
Uretra
Canal por onde a urina da bexiga é expelida para fora do corpo. Ao redor desse duto existem músculos, chamados de esfíncteres, que pressionam o canal, fechando-o. Quando urinamos, esses músculos relaxam, abrindo o caminho para a urina. Nos homens, esse canal é utilizado tanto para passagem de urina quanto de esperma. O ato de urinar é chamado de miccão.
Outros órgãos fazem também o papel de excretores, como a pele e pulmões. O suor tem função principal de resfriar o corpo, mas como contém sais minerais e água, não deixa de ser uma excreta também. Os pulmões também liberam água no ar expirado.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Emprego Docente

Noticias da Educação

Recomendamos ...