Biografia - Harry Burrard

Burrard, Sir Harry
n: 1 de Junho de 1755 em Walhampton
m: 18 de Outubro de 1830 no castelo de Calshot

Entrou para o exército em 1772, como Porta Bandeira num dos Regimentos de Guardas. Promovido a tenente e logo a capitão no ano seguinte, pediu para ser transferido para o 60º regimento, para poder servir na Guerra na América.  Serviu na América até 1780, regressando à Grã-Bretanha para ocupar o lugar de deputado por Lymington, obtido devido à influencia de um tio, deputado pelo mesmo círculo de 1741 a 1778. Regressou a América em 1781 e 1782 sob as ordens de Cornwallis, regressando ao seu regimento de guardas com o fim da guerra de Independência americana, sendo promovido a tenente-coronel em 1789. Dois anos antes fora nomeado governador do Castelo  de Calshot.
Serviu na Flandres de 1793 a 1795, sendo promovido ao posto de coronel em 1795 e ao de major-general três anos mais tarde. Em 1804 assumiu o comando do 1º regimento de Guardas com o posto de tenente-coronel, e em 1805 foi promovido a tenente-general. Em 1807 comandou a 1ª divisão da força enviada contra a Dinamarca, sendo, devido à sua antiguidade o 2º comandante da força dirigida por Lorde Cathcart. No regresso foi-lhe dado o título de barão.

Em 1807 foi-lhe dado o comando em segundo da expedição enviada para a Península, e comandada originalmente pelo general Wellesley. Chegou a Portugal a 19 de Agosto, mas não comandou o exército na Batalha do Vimeiro do dia 21. Tomou o comando no fim da Batalha impedindo a perseguição ao exército francês em debandada. No dia seguinte entregou o comando a Sir Hew Dalrymple, acabado de chegar, apoiando este general na assinatura da Convenção de Sintra. Tendo regressado à Grã-Bretanha para ser ouvido pela comissão de inquérito militar, foi absolvido.

Nunca mais obteve ou requereu um posto de campanha. Em 1810 devido a ser o tenente -coronel mais antigo dos regimentos de guardas tornou-se o comandante da Brigada. Dois dos seus filhos morreram na Península, o primeiro na batalha de Corunha, o segundo no cerco de San Sebastian.


Fonte:
The Dictionary of National Biography,
founded in 1882 by George Smith
Oxford, Oxford University Press, 1998
0

Recomendamos ...

Recomendamos ...