segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Biografia - Jewgeni Chaldej


Famoso fotógrafo soviético que ficou célebre com a fotografia da colocação da bandeira da URSS no Reichtag de Berlim em 1945. Nasceu em Jusowka, actualmente Donezk na Ucrânia, em 1917;  morreu em Moscovo em 1997.

 Filho de pais judeus a mãe foi morta, em 1918, durante um progrom contra a comunidade judaica da vila ucraniana onde tinha nascido. Vai por isso viver com uma das avós, que lhe dá a primeira máquina fotográfica - uma FED (uma Leica Felix Edmundowitsch Dzierzynski) - que despertará no neto o entusiasmo pela fotografia.

Começa a trabalhar numa fábrica metalúrgica, mas em 1933 consegue trabalho num laboratório de fotografia.  Em 1936 é contratado como repórter fotográfico pela Agência de Notícias TASS em Moscovo, viajando por toda a União Soviética ao serviço da agência. Torna-se correspondente de guerra durante a Segunda Guerra Mundial. Acompanhará o exército soviético com a sua Leica de Murmansk até Berlim, passando por Sebastopol e Kursk, e documentando a libertação da Roménia, Bulgária, Jugoslávia, Hungria e a entrada em Viena. Ao todo 1.148 dias e cerca de 30.000 km com o Exército Vermelho. 

Em Berlim fotografará a colocação da bandeira da URSS no tecto do Reichtag de Berlim, a sua mais famosa fotografia. Fotografia que não é típica da obra de Chaldej que normalmente não procurava fotografar atitudes heróicas, mas sim documentar o que se ia passando. Entretanto, o pai e três irmãos e irmãs são mortos pelos alemães no Inverno de 1941 / 1942.

Em 1946 acompanhará o julgamento de Nuremberga e a conferência de paz de Paris. Em 1949 será demitido da TASS com a desculpa de que não há trabalho para ele, mas de facto, como o próprio dirá mais tarde, «a verdadeira razão era por eu ser judeu». Será contratado em 1956 pelo Pravda, jornal diário do Partido Comunista da URSS, órgão de informação onde trabalhou nos 15 anos seguintes. No fim dos anos oitenta reformou-se, tendo ainda fotografado Gorbachev, o último dirigente soviético que fotografou. «Porque me interessou», como disse.

Biografia retirada daqui

Sem comentários:

Recomendamos ...

Recomendamos ...